sábado, 24 Jun. 2017
 
 

GRÃO-MESTRES PORTUGUESES EM MALTA

Um grupo de cinco alunos e dois professores, do Agrupamento de Escolas, participaram, recentemente, em Malta, na atividade internacional “Eating for life”, dando a conhecer aspetos da alimentação portuguesa. Malta é formada por três ilhas: Malta. Gozo e Comino. O desenvolvimento de Malta é, em grande parte, resultado da ação da Ordem de Malta ou Cavaleiros Hospitalários, que começou como ordem beneditina, fundada no século XI, na Palestina, durante as cruzadas. Quase na mesma altura, século XII, foi fundado em Semide um mosteiro, cujos monges também seguiram a ordem beneditina.

MALTA

Face às dificuldades e perdas de território na Palestina, a Ordem passou a operar a partir de Rodes e mais tarde a partir de Malta. No interior da Co-Catedral de S. João, em La Valleta, em Malta, há oito capelas, sendo cada uma dedicada a uma língua, isto é, a origem dos militares da ordem de Malta. Entre elas está a capela da língua de Castela, Leão e Portugal. Nesta encontram-se os monumentos funerários dos grão-mestres portugueses António Vilhena e Manuel Fonseca. A Ordem de Malta, na atualidade, é uma organização soberana internacional, que atua nos cinco continentes, dirigindo, sobretudo, hospitais e centros de reabilitação.

António Órfão